Pobretinha de vida ruim

Um jovem, beta, lixo e sonhador que está se empenhando para mudar de vida.

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Ome(rd)ga

Ainda devo muitas explicações à todos, mais ainda não desisti de manter o blog.

Pretendo contar meu purgatório terreno no período da cárie, da catapora, e outras coisas.

Ou seja os próximos post seria atualiação das minhas desgraças(preciso deixar relatado isso pra alguém, quem sabe eu viro o novo realengo sem ninguém entender o motivo).

Depois quero ver o comentários, já que havia vários e eu queria observa-los, porém... eu na hora de marca todos e aperta publicar eu acabei apagando --'

Sendo assim, estou vivo e tenho muito pra escrever e meu pc ainda está sem o m, tenho que ficar escrevendo dando ctrl + c/ctrl + v

Então, abraços!

quarta-feira, 19 de abril de 2017

mein Kampf

A tecla m do teclado parou de funcionar, então estou usando ctrl+c + ctrl+v para digitar com.

Fiquei lendo a biografia do adolfinho, me sentindo um bosta, por não conseguir fazer nada, e nem ter disposição pra nada etc. 

Fiquei procurando o por que sou beta assim? Até um pintor fracassado conseguiu matar centenas de milhares de judeu bolcheviques(comunistas), e ainda mais, puxou uma geração inteira pro realismo, explicando as causas biológicas que destroem nossa etnia, que consequentemente causa desorganização, trazendo o vira-latismo sobre nossos país, ainda por cima, faz e premia tudo o que não presta à tempos.

Tudo que eu passo é culpa do esquerdismo, toda essa inversão, toda essa prática criminosa que vem pairando sobre os betas/omegas, pois as mulheres fiam descontroladas, acham que podem tudo, ficam vendo esses comerciais estúpidos, igual a minha mãe, incentivada a gastar compulsivamente, fique vendo isso a anos e me perguntando: "como elas podem cair nisso?", "como elas podem acreditar e assistirem isso?". Até que, hoje eu entendo o sadismo feminino, sendo aos poucos, impregnados em seu cérebro, através de programas como Encontro, Esquenta, ou outras fossas televisivas.

Não se importam com nada, eu fico com pena de alguma delas, quando se juntam à marginais e apanham, quando são cornas eu me alegro, mas percebo que não vale a pena, e depois me irrito comigo mesmo, pensando: "elas merecem", "elas procuraram isso", e depois entro numa espiral de tristeza sabendo, que ainda sim, elas estão vivendo algo, fico pensando ainda se vale a pena tentar ir contra a maré. Impossível!

Eu ainda cai nessa de miscigenação, de racismo, mas do que adianta? Até entendo a sacanagem de diminuir os afros-descendentes, porém, nós estamos vivendo a mesma e talvez pior situação que eles. Hoje somos escravizados igualmente, salários péssimos e ainda vem esse discurso infame de vítima, eu sou pobre, até penso eme envolver nessas merdas devido a tudo que acontece em volta, mas não acho que estou certo, que sou vítima e que ainda mais tenho o direito de matar alguém por um celular, já eles sim, não todos, só que nem todo mundo é igual, muitos são incentivados a não ter senso civilizado. 

Hoje eu entendo ,as vez que a minha mãe não gostava que eu andasse com "afros", mas o problema não está nos pardinhos, mas nas pardinhas. São elas que dão pra umonte de pardinho patético, engravidam sei lá quantas vezes, sem condições de se manter e ainda põe uma criança no mundo, e me vem com história de que a culpa é do homem, sendo que nem sempre hoje elas são ludibriadas como no passado. Antes existia mesmos os homens que fingiam que ia casar, que gostavam de tal mulher e fodiam ela, E ELAS DEIXAVA DE SER ACEITAS PRA CASAmENTO POR NÃO SEREmAIS VIRGEm, mas hoje não, pra um homem se casar dessa forma hoje é impossível, porque está mais fácil eu me casar virgem com uma rodada que, levou várias dedadas dentro das matinês/baladas, enquanto estava bêbada, e na época de escola via elas e alguns garotos achando isso, legal, e puta cara...perdi a vontade de escrever, o m está fazendo falta e minha avó não cala a boca, da vontade de mete a mão na cara dela.

queria expressar melhor as coisas na escrita, mas aqui em casa é impossível, só desgraça.

Bem, vou tentar no domingo retomar o post e a tecla m, assim termino e tento colocar tudo melhor ai no texto, pois da um ódio mortal, da falta de paz aqui dentro desse inferno.

mulher é um ser maligno, dá pra entender os sanctus agora, nasceram fadados ao fracasso, devido sua genética feia, gorda, parda, propensa a extremos sensoriais, e ainda somado a burrice familiar.

Abraços!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

VOltei

Sou mesmo um fracasso, me diverti lendo os comentários.

Fiquei com a garganta inflamada/ou gripe, não sei se foi porque meu irmão estava doente, ou se tive herpes novamente. Enfim, não pude fazer nada nisso, fiquei com febre alta e até delirei uns sonhos bizarros, e me senti mal por não vir aqui escrever e deixar vocês esperando novamente.

Voltei a ler a blogsfera e senti mais um alívio, vou ver se amanha eu caminho na praia, é que também está chovendo muito onde eu moro, mas nem que seja só pra isso, todo dia tentar.

Talvez eu fique em casa batendo mais uma se imaginando o fodão e depois acordando pra realidade, vendo que sou insignificante e pense em mudar, vindo novamente ao blog com esses devaneios de mudança pro novo-adulto mais planta/vegetal do planeta.

Até domingo, Abraço!

domingo, 2 de abril de 2017

Meu computador foi consertado, meu irmão comprou o cabo do carregador e já posso voltar a postar.

Criei o blog ano passado com um montante de objetivo e não completei nenhum. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Minha vida está igual a 1 ano, só consegui consertar o dente e ainda vacilei, esperei 6 meses pra depois de fazer a limpa faltar 3 vezes seguidas e perder a vaga.

Venho me sentindo um merda punheteiro, não tem mais sentido continuar acreditando numa mudança. Fico imaginando os viciados em crack quando vou ao supermercado, e penso:"caralho, deve ser isso que eles sentem".

Não consegui parar de fapar e nem vou, não tenho disposição pra nada mesmo, fico andando pela casa feito um maluco, pra um lado e pro outro. Sou um lixo, um LIXO, LIXOOO!

Só que ainda me resta algumas esperanças, sou novo e etc., não posso entrega as coisas assim, minha família é uma bosta, mas ela está certa, tenho que agir, mas tudo fica só na mente, por que o corpo não vai.

Meses sem postar, mas isso não vai ficar acontecendo, vou tentar denovo toda quarta-feira postar e segunda vou reiniciar minha jornada de rumo a pelo menos um salário, já não aguento mais passa fome, mãe nem tem obrigação de me sustentar mais, obvio que ela não me criou bem pra competir no cenário selvagem do merdil, mas ela também era uma monga e não podia evitar isso, a não ser culpa a última prole parida pelo fim do casamento bosta que ela teve.

É isso, não morri nem arreguei, vou continuar na estrada, mesmo todo estrupiado e tudo mais, vejo os comentários de alguns de vocês e me dá um animo, vejo que as coisas não vão ser como eu quero, mas que podem ser no mínimo melhor do que agora, menos fodido e tal, com um vídeo game, e comendo umas sub-mediana, provavelmente só no futuro.

A vida de um omega não é fácil, mas poderia ser pior.

sábado, 29 de outubro de 2016

Explicacões

Estou devendo uma explicação pra vocês.

Vou começar falando da minha catapora.  Estou devendo um post decente faz tempo.

Já faz 2 meses que eu tive catapora, e vou contar-lhes todo meu sofrimento - você gostando ou não. Minha irmã tem um catarrento (filho), e ele já teve piolho lá na creche, estomatite herpética e depois pegou a catapora. Eu achava que a estomatite era catapora… Mal eu sabia o que estava falando, pois a catapora é muito pior.

A estomatite era herpética, então significa que, ela pode se transmitir para outras partes do corpo pela saliva (que fica contaminada pelo vírus). Minha mãe tem costume de ensinar meu sobrinho a falar palavrão (ela acha super legal, ela tem costume de pagar de maria macho e ficar fazendo macaquice), resultado: Meu sobrinho bate na cara dela(isso mesmo, ele bate na cara dela), com tapas e murros, joga o chinelo, e acha super bonito - impressionante.

Enfim, se não bastasse ensinar ele à ser um lixo sem educação, elas ainda ensinaram ele a cuspir. Agora adivinha em quem ele cospe? Em miiiiiim.

Aquela saliva cheia de vírus herpes voando em cima de mim, e eu nada posso fazer. Se eu bater nele elas reclamam, mas ela não corrigem ele nem com castigo, praticamente ele pode fazer o que ele quiser, desde destruir a casa e as paredes, falar palavrão e putaria, e ainda bater nos outros. Ele só tem 6 anos, eu com seis anos nem podia cogitar em fazer isso, pois se fizesse… Estava fodido!

Portanto, meu sobrinho sempre está sempre doente com estomatite(herpes), e sempre, SEMPRE que ele vem aqui acaba a paz da casa. Me passou catapora, mesmo eu sabendo que eu não tive, minha família ainda insistiu em dizer que eu já havia pego a catapora e não pegaria de novo… VAI TOMAR NO CU PORRA! Eu tinha uma prima, [isso foi na época da escolinha que vem antes da 1° série] e um certo dia essa prima minha teve catapora, minha mãe disse o seguinte: “não chega perto dela que se não você pega catapora também”, e também saliento que ela disse: “você não teve catapora ainda”.

Ok , com tudo isso dito acima, tudo fica claro que, EU NUNCA TINHA PEGO VARICELA E O QUE EU ACHAVA SER CATAPORA ERA ESTOMATITE. Só que o pau no cu do meu irmão resolveu dizer que eu já tinha pego, minha vó também entrou na onda e disse o mesmo, só que eu sempre soube que não tinha pego essa merda. Mas FODA-SE A MINHA OPINIÃO, JÁ QUE ELES SABEM MAIS DO MEU CORPO DO QUE EU MESMO. Minha irmã FDP, colocou o menino no mesmo quarto que eu pra dormir, dizendo o seguinte: “já secou, não tem mais problema”. E foi isso pessoal.

Agora sintam o meu drama da catapora. Fui no dentista e achei que tinha uma espinha/ou picada de mosquito no pescoço e fui coçar. Beleza menti a mão. Sai do dentista tomei aspirina e fui dormir. Acordei e tinha ainda mais bolinha comecei a desconfiar, só que não era nada tão assustador. Então recapitulando/e acrescentando os fatos, terça-feira dentista e umas bolinhas, quarta-feira casa e umas bolinhas à mais, quinta-feira monte de bolinha insana e por fim a sexta onde veio todas. Na sexta aquele Capetinha ainda estava aqui, minha irmã tinha comprado remédio pra ele, mas não me ofereceu sequer um - mesmo sabendo que foi o filho dela e ela que me passou essa enfermidade -, minha mãe pegou R$100 com meu irmão e minha vó ainda falou pra ela compra a pomada pra mim, só que ela gastou com meu sobrinho e me deixou fodidasso na cama e sequer perguntou se eu estava bem.

Sábado e domingo foi um inferno, ele estava aqui e minha vó é chata pra caralho, acordei com a louca da minha vó abrindo a janela às 6 da manhã, tava com febre e muita coceira, mas firmeza, voltei a dormir… Acordo e meu irmão já não estava mais aqui, e minha irmã também não. Ele ficava chingando a minha vó e irritando ela e ela não calava a boca de jeito nenhum, não parava a coceira, e nem paz eu tinha. Acabou o dia assimbnesse inferno, com ele chamando ela de filha da puta(com 6 anos), pois ele repitia o que ela disse, e JURO, FOI ISSO A TARDE INTEIRA, COCEIRA, BARULHO E MUITA FEBRE. PUTA QUE PARIU!

Domingo tomei banho, meu irmã o teve piedade e comprou bicabornato pra por na água, e minha vó colocou a água pra ferver, só que com um porém, ela não parava de me xingar, sendo que nem pedi nada pra ela.

Enfim tomei o banho e alivio a coceira AGONIZANTE, fiquei com coceira sem internet e sem comer nada, porque estava com catapora na boca e com a garganta inflamada. Dormi de tarde e acordei de noite, fui levantar pra minar e deu uma tontura fodona, tive q encolher o pau - e nem deu tempo de cessar o xixi da pica - e ir correndo pra cama. Fiquei me sentindo um lixo abandonado, fiquei um bom tempo sem postar devido a incrível dor que senti na polpa do dente totalmente inflamada pela cárie. Sofri muito nesse últimos tempo, redpill ano passado, pressão da família pra arranjar um emprego, sendo que, eles me cobram por algo que não me ensinaram, quase um crime isso, me botaram no mundo sem preparo nenhum, as vezes acho que minha mãe me fez só pra ter uma aposentadoria pelos filhos, pois ela sempre fala que eu que deveria estar trabalhando no lugar dela e ela ficar descansando(sendo que meu irmão tem 34 anos e ela não fala isso pra ele só pra mim).

E pra finalizar e completar o reinserido fecha o blog e desaparece, o pobretão arrega também, fico sem nada, só com a punheta e [infelizmente] um monte de beta falando de ciclo de bomba que fode a saúde e de coloca o poster do Justin na parede do quarto pra ficar na moda pra poder pegar “novinha” [sub]mediana(que só deve ser mediana na cabeça deles).

Minha vida de omega é uma merda e demorei um tempo imenso pra conseguir postar esse texto pelo tablet.

É isso não sei colocar imagem no post, só que esse post aqui poderia estar mais completo se fosse no PC.

Abraços

Depois eu conto o que aconteceu com meu dente, e também finalmente chegou a carta do SUS pro dentista gratuito ^.^

sábado, 1 de outubro de 2016

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Fiz o canal

Estava com um post pela metade e não terminei aquela merda, pois não quero passar mais tanta desgraça,então resolvi não escrever ele até foi al.

Estou agora com dor no maxilar e estou escrevendo o post deitado com o tablet, quando eu levantar talvez faça o o resto daquela desgraça.

Alguem uso uma parada violenta no meu blog e as visualização aumento bastante, mas vou pedi outras desculpas, mas tai esse post. Estou feliz de ter tirado os nervos do dente. Abraços